terça-feira, 17 de julho de 2018

A traçar o caminho...

Na construção da Oh Xica Maria tenho a melhor inspiração que podia ter...





E os meus primeiros cartões já chegaram:


Um passo de cada vez!


segunda-feira, 16 de julho de 2018

Esta não sou eu

Não tenho escrito nada eu sei. Mas também sei que ando terrivelmente cansada. Daquele cansaço que não nos deixa sorrir e brincar. Tenho tido ansiedade, tonturas, tensão muito baixa, falta de sono na hora de dormir e por consequência o corpo enfraquece e deixa-nos em baixo. Tenho pouca paciência, pouca energia. Fiz um ecocardiograma e um holter. Sei que o coração está bem mas é melhor prevenir que remediar. A cura seria o descanso, o telemovel desligado, o silêncio. Há momentos na vida que temos que parar e reflectir. Não podemos fazer tudo e dar tudo, tem que restar alguma coisa para nós próprios. É preciso parar, respirar, olhar em volta. Coisa que não tenho feito. Vivo numa ansiedade louca, um stress que não devia viver em mim. Esta não sou eu! Mas vou aparecer. Vou abrandar, sonhar, realizar o que mais me dá prazer. Vou sorrir, brincar. Vou ter tempo. 



quinta-feira, 5 de julho de 2018

O atelier

E quando eu tiver um atelier...


Vai ter muita luz e janelões. 


Chá e bolos no exterior...


Uma mini cozinha fofinha...




E centenas de materiais...

É tão bom sonhar e visualizar aquilo que queremos!






quarta-feira, 4 de julho de 2018

Oh Xica Maria!

Gosto de criar desde sempre, daí provavelmente seguir design na faculdade. No entanto, e apesar de gostar muito da área da construção e design de interiores há aqui um bichinho arts&crafts. 

Quando estudava fazia sempre coisas para vender e ganhar algum dinheiro. Fiz malas, babetes, sapatinhos de bebé, almofadas, decoração de eventos, convites, lembranças, álbuns, ilustrações, enfim... uma infinidade de coisas. Mas nunca dei continuidade e nunca levei nada muito a sério. Era para ganhar uns trocos e manter a cabeça criativa e ocupada. 

Mas desta vez é diferente. Meti na cabeça em criar algo meu e estou a trabalhar para isso. Faço tudo com amor e carinho e tenho uma panóplia de ideias na cabeça que nunca mais acabam! Quero trabalhar com artistas portugueses, dar trabalho a quem sabe fazer e bem. Quero incentivar à compra de produtos portugueses feitos com amor. 

Será uma ideia muito romântica?... Não sei. Mas é preciso arriscar ás vezes.






terça-feira, 3 de julho de 2018

Dia de ir à biblioteca







Sábado é dia de ir à biblioteca (quando a mãe não trabalha...) e desta vez trouxemos estes livros. Já conhecemos 3, o unico que ainda não tínhamos lido é o "A fuga da ervilha". 
O Diogo adora o Oliver Jeffers e já na ultima vez que lá fomos trouxemos um livro do mesmo autor.


Para mim trouxe o livro da Constança Cabral uma blogger que adoro ler:



É um livro delicioso com ideias muito giras e fáceis!

Cada vez gosto mais de ler este tipo de livros com ideias práticas e fotografias maravilhosas. Inspiram qualquer um!

Que andam a ler?