quinta-feira, 7 de novembro de 2013

O blog da Maisena

A Maisena escreveu o que estava mesmo a precisar de ler neste momento.

"Não sou psicóloga, nem psiquiatra, nem psi qualquer coisa, mas aprendi que muitas pessoas (incluindo, muitas vezes, eu) não sabem viver a vida. Não sabem dar valor a momentos mágicos, únicos e imperdíveis. Passam a vida a queixar-se disto ou daquilo, coisas sem importância, assuntos sem relevância, que amanhã passam sem V de volta.
Olhemos à nossa volta, e façamos uma lista das coisas boas que temos na vida. E se nos falta alguma coisa, há outras que nos compensam! O que interessa é que se viva de coração, com uma pontinha de razão, mas com muita, muita paixão!
Da próxima vez que vos perguntarem: "Então, tudo bem?", façam-me um favor, não digam: "Vai-se andando" ou "assim assim". Experimentem antes dizer: "Tudo óptimo, maravilhoso, e por aí?" Dêem apertos de mão vigorosos, abraços saudosos e beijinhos saborosos. Riam. Dêem gargalhadas, soltem risadas, vivam os nadas. Porque os nadas podem ser muito. E a vida pode mudar num segundo..."

 O texto completo aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário